Loading..
Feedback Forums
For general feedback about the game.
Steam Support
Visit the support site for any issues you may be having with your account.
Contact the Team
To contact us directly about specific matters.





TNC e o Major de Chongqing

Estivemos acompanhando de perto os acontecimentos recentes relacionados à equipe TNC e o Major de Chongqing. Primeiramente, precisamos esclarecer que Kuku não foi banido pelo governo chinês. Ainda que exista bastante inquietação sobre a sua participação e problemas que possam ocorrer, não acreditamos que a presença de Kuku seja um risco real à segurança.

Ao nosso ver, a única responsável por lidar profissionalmente em situações como estas são as equipes. E quando elas falham em fazê-lo, nós entramos em cena. Enquanto cometer um erro e desculpar-se é uma ação bem-vinda, a situação em que a equipe cria mentiras ou tenta encobrir a história de um jogador específico é totalmente inaceitável. A TNC não soube lidar com a situação em inúmeras ocasiões, tornando-a muito pior do que ela deveria ser.

Na última terça-feira, a TNC entrou em contato com a Valve para perguntar se a equipe receberia alguma penalidade nos pontos do CPD ao substituir Kuku; confirmamos a ela que não. Então, assumimos que eles estariam se organizando para achar um substituto para Kuku. Porém, parece que a TNC não está assumindo a responsabilidade por suas ações, e além de tudo, está tentando encobrir a história. Por isso, estamos tomando controle da situação e decidimos banir a participação de Kuku do evento. Para ser bem claro, a TNC não é a vítima neste caso. Não é certo tentar encobrir a situação, evitar qualquer responsabilidade e ainda jogar a culpa na comunidade. Acreditamos que eles não irão concordar conosco.

Os jogadores e as equipes cometerão erros no futuro e eles deverão assumir a responsabilidade por eles. Acreditamos que eles possam aprender com seus erros, mas assumir a responsabilidade não significa que os erros não estarão acompanhado de consequências. Abordar um problema encobrindo a situação não é aceitável. Além de demonstrar a fraca habilidade em tomada de decisões da TNC, ela terá que arcar com as consequências por suas ações. Além da obrigação de substituir Kuku, a equipe perderá 20% do seus pontos do CPD. A restrição contra o jogador não afetará torneios futuros.


Eliminatórias regionais

Estamos desclassificando a Pain X das eliminatórias regionais da América do Sul e dando o seu lugar à terceira colocada, Thunder Predator.

Três meses atrás, fomos contatados pela Pain X em relação a possibilidade de disputar as eliminatórias da América do Sul. A equipe perguntou se poderiam participar viajando — indo e voltando — de forma a jogar na região sem de fato permanecer nela. Nós explicamos que isso não poderia ser feito. Explicamos o nosso raciocínio e o objetivo das eliminatórias regionais, e por que pensamos que nem nós nem os fãs considerariam a equipe como sendo legitimamente sul-americana.

Os motivos de termos vagas reservadas para cada região é para podermos auxiliar no crescimento da cena competitiva em diferentes regiões, além de permitir uma representação regional para os fãs ao redor do mundo. Consideramos importante que os fãs possam acompanhar o crescimento da sua região e tenham a oportunidade de torcer para as suas equipes locais em eventos globais. Uma equipe que viaja temporariamente para uma região apenas para competir nas eliminatórias claramente não fornece nenhum benefício significativo para a região; e prejudica o crescimento em geral. Quando uma equipe realmente reside em uma região, ela acaba praticando com outras equipes, desenvolvendo a região e o cenário local. Explicamos tudo isso à Pain X três meses atrás, e portanto, após investigação, estamos a removendo das eliminatórias da América do Sul.

Para equipes que tentarem dobrar as regras relacionadas a região para obter vantagem competitiva em relação às demais equipes, vocês têm o risco de serem desclassificadas da mesma forma. Nós sempre teremos os nossos critérios para decidir o que está dentro do espírito das metas regionais e o que não se enquadra. Caso uma equipe deseje se mudar efetivamente para uma nova região, ela é livre para entrar em contato conosco e explicar por que acreditam que serão uma equipe de verdade naquela região a partir de então.


Atualização de jogabilidade 7.20

A atualização de jogabilidade 7.20 foi lançada, trazendo um grande número de alterações de jogabilidade, dezenas de habilidades reformuladas e muito mais.

Acesse a página da atualização para conhecer todas as mudanças.


O Major e os jogadores profissionais de Dota

Estamos prestes a embarcar em mais uma jornada rumo ao The International. Na última edição, o evento contou com uma final histórica de uma série de cinco partidas entre a LGD e a OG em que os torcedores mal puderam se conter na arquibancada. A fase de mata-mata deste Major já vai começar e as equipes já estão focadas em competir mais uma vez no The International do ano que vem.

O The International sempre teve o intuito de unir fãs de diferentes culturas e de todos os lugares do mundo para celebrar o jogo que tanto amamos. Os jogadores profissionais competem durante todo o ano, esperando conseguir uma chance de mostrar para que vieram no grande palco do The International. Eles possuem grande espírito competitivo, e além disso, precisam estar focados e controlar suas emoções. É por isso que gostamos tanto de assistir às competições. Nossa ideia inicial sempre foi deixar os jogadores à vontade para se expressarem da maneira que desejarem. E tem sido assim por um bom tempo. Entretanto, esperamos que os jogadores profissionais entendam que eles representam a comunidade do Dota independente do lugar que estejam. As palavras carregam bastante significado. Algumas pessoas podem não concordar ou entender a razão de algumas palavras serem ofensivas, mas isso não diminui em nenhum momento a forma que elas são interpretadas por outros. A linguagem usada por vários jogadores na semana passada casou muita dor a muitos de nossos fãs, e este é um tipo de comportamento que não toleramos.

Passamos os últimos dias discutindo sobre isso com vários jogadores profissionais e líderes de comunidade. Por todas as interações que vimos durantes anos, sabemos que os jogadores profissionais têm bastante respeito entre si. Porém, gostaríamos de esclarecer que a Valve não irá tolerar qualquer tipo de linguagem racista entre os jogadores profissionais. Acreditamos que isso seja prejudicial para toda a comunidade do Dota, mesmo que apenas um jogador profissional use linguagem inapropriada. Isto coloca fãs uns contra aos outros, menosprezando e humilhando certos grupos que passam a sentir-se não tão importantes. A partir de agora, esperamos que todas as equipes que participem dos nossos torneiros responsabilizem-se por seus jogadores e estejam preparadas para punimentos cabíveis quando os jogadores representarem a comunidade Dota de maneira desrespeitosa.

Esperamos que os jogadores e a comunidade ao redor do mundo comportem-se melhor e tenham mais respeito após esses incidentes recentes. Acreditamos que as comunidades em todos os lugares do mundo querem a mesma coisa: que nossos jogadores e equipes favoritas se saiam bem, além de um grande espetáculo de Dota. Agora que a fase de grupos terminou e o mata-mata está para começar, desejamos boa sorte a todas as equipes participantes. Vamos aproveitar e curtir um pouco de Dota juntos!


O Major de Kuala Lumpur


A nova temporada do Circuito Profissional de Dota está chegando.
Com a conclusão do primeiro Minor, os primeiros pontos do CPD foram distribuídos e a equipe Tigers — a grande vencedora do torneio em Estocolmo — garantiu a sua vaga em Kuala Lumpur no primeiro Major de Dota 2 desta temporada competitiva.

A Tigers completa a lista das 16 equipes classificadas em seis regiões diferentes que buscam começar o ano com força total no Major de Kuala Lumpur que se inicia na sexta-feira, 9 de novembro às 10h no horário da Malásia. Com a premiação total de US$1.000,000 e 15.000 pontos do CPD, as equipes terão a oportunidade de mostrar aos seus fãs e rivais o que esperar delas nesta jornada que garantirá vagas ao The International 2019, em Shanghai.

Fãs ao redor do mundo todo poderão acompanhar tudo o que acontece no Major de Kuala Lumpur diretamente no cliente do Dota 2, na SteamTV ou pela transmissão na Twitch da PGL diariamente entre os dias 9 e 18 de novembro. Os fãs que estiverem na Malásia estão convidados a assistir de perto na Arena Axiata às finais do evento, a partir do dia 16 de novembro.

A atualização 7.20 de jogabilidade será lançada na segunda-feira, 19 de novembro, após o grande vencedor deste Major ter sido coroado.


Atualização do tesouro

A atualização de hoje conta com o lançamento do Tesouro da Cascata Carmim, apresentando novos conjuntos de itens para o Ancient Apparition, Ember Spirit, Oracle, Batrider, Visage, Skywrath Mage e Razor. Além disso, cada tesouro também oferece a chance ascendente de obter um conjunto raro para o Earthshaker, um conjunto muito raro para a Dark Willow ou um conjunto extremamente raro para o Nature’s Prophet.

Também aproveitamos essa oportunidade para simplificar e reformular os cálculos da chance ascendente deste tesouro de agora em diante. Agora é possível clicar na seta da chance ascendente próxima a cada recompensa rara, muito rara ou extremamente rara para ver a sua chance de recebê-las de acordo com a quantidade já aberta.

Agora assinantes do Dota + têm uma nova vantagem: recompensas indesejadas provenientes de um tesouro podem ser recicladas para a obtenção de fragmentos do tesouro. Ao acumular 6 fragmentos de um mesmo tesouro eles serão transformados automaticamente em uma cópia adicional daquele tesouro e fornecerá 2.000 fragmentos do Dota +.

Esta atualização também apresenta uma nova forma de permitir que os jogadores troquem automaticamente os conjuntos de itens de um herói após cada partida. Ative o ícone “Aleatório” próximo aos conjuntos completos na tela de equipamento para selecionar quais deseja incluir na lista.